SÃO PAULO

(11) 3017-8700

rca@rcaturismo.com.br

CAMPINAS

(19) 3734-2162

rcacampinas@rcaturismo.com.br

RECIFE

(81) 3092-8700

rcarecife@rcaturismo.com.br

BELO HORIZONTE

(31) 3227-7522

rcabh@rcaturismo.com.br

CURITIBA

(41) 3222-6400 

rcacuritiba@rcaturismo.com.br

RIO DE JANEIRO

(21) 2507-0907

rca.rio@rcaturismo.com.br

BRASÍLIA

(61) 3225-5109

rcabrasilia@rcaturismo.com.br

PORTO ALEGRE

(51) 3072-1086

rcaportoalegre@rcaturismo.com.br

FALE CONOSCO

// INTERCÂMBIO NA CIDADE DO CABO

Uma montanha em formato inusitado – o de um topo achatado, com 1.086 metros de altura, como se fosse uma mesa – revestida de uma flora única paira sobre a Cidade do Cabo (Capetown), na África do Sul. É a Table Mountain, ícone que se pronuncia impressionante entre praias e uma cidade de ambiente cosmopolita, riqueza histórica, fantásticas praias para surfe e vinhedos para visitar. Plantada na confluência dos oceanos Atlântico e Índico, a Cidade do Cabo é a capital legislativa da África do Sul, sediando o Parlamento Nacional e ocupando, sem dúvida, a nobre posição de um dos lugares mais impressionantes do mundo.

Vale começar a visita com um passeio pela Table Mountain, admirar a cidade e o oceano em perspectiva e alcançar a vista até as praias, ilhas e o Greenpoint Stadium, o estádio construído em uma área nobre da Cidade do Cabo especialmente para a Copa do Mundo de 2010. É possível caminhar por três quilômetros com pouca variação de altitude e sem penhascos ou tomar o bondinho (Cableway).

Lá embaixo, os bairros da Cidade do Cabo ajudam a contar parte de sua história. O Bo-Kaap, com suas casas coloridas, é o reduto muçulmano criado no século 18 quando foi erguida a primeira mesquita do país. Tamboer Skloof e Muizemberg são marcas fortes da colonização inglesa, exibindo belos sobrados vitorianos. City Bowl revela traços da colonização holandesa em monumentos como o Castle of Good Hope (Castelo da Boa Esperança), do século 17. O Jardim Botânico de Kirstenbosch tem enorme diversidade de plantas e flores de toda a África do Sul, incluindo alguns espécimes muito raros de Richtersveld, uma árvore baobá, e interessantes plantas medicinais. Numerosos caminhos percorrem o jardim, que expõe grandes esculturas Shona do Zimbábue. Victoria & Alfred Waterfront é um moderno complexo localizado na antiga área portuária da cidade com shopping centers, restaurantes, bares e o ótimo aquário Two Oceans. É de lá que saem passeios de barco, como os que vão para a ilha Robben - onde Nelson Mandela (ver CURIOSIDADES) ficou preso por quase vinte anos -, assim como passeios de helicóptero pela cidade. Aliás, a ilha Robben que foi usada para manter os prisioneiros vários políticos durante o regime do apartheid e muitos dos guias locais são ex-prisioneiros políticos. Alguns até conviveram com o próprio Nelson Mandela.

Não bastassem tantas atrações interessantes, a Cidade do Cabo é ainda cercada de belos motivos para continuar a visita pela região. Boulders Beach, a 40 km da Cidade do Cabo, é a maior colônia de preservação de pinguins da África do Sul. Também é possível visitar o Cabo da Boa Esperança (ver CURIOSIDADES), o ponto quase na “esquina” do oceano Atlântico com o Índico, famoso pelos naufrágios impostos a navegadores portugueses do século 15. É bom aproveitar o passeio para avistar baleias, focas e golfinhos. As baleias são mais comuns em False Bay e estão por toda a costa entre Simon's Town e o Cabo da Boa Esperança. Na estrada existem observatórios. E ainda há os premiados vinhedos da cidade e arredores. São várias as rotas e mais de 200 produtores de vinho. Alguns exemplos são as vinhas do Vale de Constantia, incluindo Groot Constantia, Buitenverwagting, Klein Constantia e Constantia Uitsig, além das terras vinícolas do Cabo em volta de Stellenbosch, Paarl e Franschhoek. Aliás, Stellenbosch é uma cidade universitária histórica e Franschhoek abriga alguns dos melhores restaurantes do país.

Garden Route – É um trajeto de 316 quilômetros entre Port Elizabeth e a Cidade do Cabo costeando os oceanos Atlântico e Índico e passando por parques, cidades costeiras, praias e vinícolas. O verde domina quase todo o percurso, que é pontilhado por desfiladeiros que se tornaram reduto de praticantes de esportes radicais. Há trilhas e lugares para praticar bungee jump, além de rios para canoagem e praias com ondas perfeitas para o surfe – como as de Jeffrey's Bay. O safári não fica de fora, uma vez que a 72 km de Port Elizabeth está a reserva de Shamwari.
 

Gostou? Confira as opções de intercâmbio que a RCA te oferece na cidade.

// ESCOLHA UMA ESCOLA

1/1
south-africa.png

1/1
south-africa.png

1/1
south-africa.png