SÃO PAULO

(11) 3017-8700

rca@rcaturismo.com.br

CAMPINAS

(19) 3734-2162

rcacampinas@rcaturismo.com.br

RECIFE

(81) 3092-8700

rcarecife@rcaturismo.com.br

BELO HORIZONTE

(31) 3227-7522

rcabh@rcaturismo.com.br

CURITIBA

(41) 3222-6400 

rcacuritiba@rcaturismo.com.br

RIO DE JANEIRO

(21) 2507-0907

rca.rio@rcaturismo.com.br

BRASÍLIA

(61) 3225-5109

rcabrasilia@rcaturismo.com.br

PORTO ALEGRE

(51) 3072-1086

rcaportoalegre@rcaturismo.com.br

FALE CONOSCO

// INTERCÂMBIO EM MENDOZA

Terra do Sol e do bom vinho. Assim é chamada Mendoza, cidade argentina cravada aos pés da Cordilheira do Andes e considerada o centro viticultor mais importante da América do Sul. Responsáveis pela produção anual de 10 milhões de hectolitros de vinho, Mendoza e região reúnem cerca de mil vinícolas, caseiras ou pertencentes a empresas multinacionais. Muitas delas recebem visitantes em elegantes instalações que oferecem degustação, além de acomodação e ótimos restaurantes.

Mas Mendoza não é só uma viagem gastronômica. A cidade tem ainda museus e interessantes passeios pelos arredores incluindo aventuras com rafting e diárias em estâncias com almoço e cavalgadas. Tudo com o Cerro Aconcágua, a maior montanha do planeta fora da Ásia, ao fundo.

Aqui o programa principal é a visita às vinícolas com degustação no final. São tantas que fica até difícil escolher.

A Chandon foi a primeira unidade do grupo LVMH fora da França, estabelecida por volta de 1959. E até hoje é uma das bodegas mais interessantes para se visitar em Mendoza por oferecer um tour bem completo e didático. A visita percorre todos os ambientes da produção e armazenamento dos espumantes da casa e, no final, o visitante faz a degustação de três deles.

A Terrazas de los Andes é a pioneira em plantio por altitude. A visita guiada mostra a bodega do século 19 totalmente restaurada e os métodos de produção e armazenamento de vinhos da casa.

Na da Família Zuccardi, o visitante não só observa, mas também pode participar da colheita das uvas e da poda dos vinhedos. Conhecida por seu espírito de inovação, que produziu o primeiro vinho orgânico da região, lançado em 2001, tem também interessante degustação de azeites.

A Benegas tem uma das mais tradicionais construções da região de Mendoza, foi erguida em 1901 e tem uma charmosa cave de pedra para armazenar o vinho. Diferente é a Catena Zapata, com seu edifício em forma de pirâmide maia. Além disso, seus competentes proprietários estão entre os principais responsáveis pelo salto de qualidade que o vinho argentino teve na cena mundial nos últimos anos. Surpresa na região é a Cuvelier Los Andes: pertence a uma prestigiada vinícola da região de Bordeaux.  Os proprietários são os mesmos da bela Clos de Los 7.


Dentro da cidade, o visitante vai encontrar mais atrações. O Mercado Central, por exemplo, tem mais de 100 anos de existência e é perfeito para quem gosta de conhecer o dia a dia local.

Na Plaza Independencia, a principal da cidade, fica o  Museo Municipal de Arte Moderno, cujo acervo contempla arte moderna e contemporânea. Já o Museo Fundacional guarda relíquias que sobreviveram ao devastador terremoto de 1861. Ali, conta-se história da cidade desde seus primeiros habitantes até a independência do país.

No Museo Histórico General San Martín há uma pequena coleção de objetos dedicada ao herói da independência argentina, que viveu na cidade com a família.

Mendoza, a cidade, tem ainda uma porção de natureza que merece uma visita. É o Parque General San Martín, criado em 1896. Em uma área de 400 hectares há 50 mil árvores, cerca de 750 espécies de plantas, um zoológico sem jaulas e o Cerro La Gloria, onde se pode ver um conjunto de esculturas em homenagem ao Exército que, sob o comando do general San Martín, lutou pela libertação da Argentina. O Cerro La Gloria é o principal mirante da cidade.

Gostou? Confira as opções de intercâmbio que a RCA te oferece na cidade.

// ESCOLHA UMA ESCOLA

1/1
argentina.png